1 min de leitura

A Santillana Brasil, dona da Editora Moderna, deve investir R$ 240 milhões até 2025 em seu negócio de livros didáticos para escolas privadas. Em quatro anos, o objetivo é dobrar para R$ 800 milhões. A empresa tem como fonte de receita as vendas de livros didáticos para instituições de ensino particulares e o Governo Federal, que adquire os materiais escolares para a rede pública.

Para alcançar o objetivo estipulado para os próximos anos, a Santillana deve criar novos produtos e serviços digitais. Com o ensino híbrido e o novo ensino médio, a empresa aposta em um aumento da demanda dos conteúdos.

Comentários